Pessoal

Carlos Durigan
Diretor Brasil
Carlos Durigan é geógrafo, vive e atua na Amazônia há quase 20 anos, onde após a conclusão de seu mestrado em Ecologia pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia engajou-se em diversas ações voltadas à conservação da biodiversidade, tendo atuado em ações de criação e implementação de Áreas Protegidas, participando de pesquisas multidisciplinares envolvendo estudos e trabalhos de campo em biodiversidade e sociodiversidade com ênfase em inventários biológicos e levantamentos socioeconômicos e etno ambientais participativos para subsidiar projetos e ações em Unidades de Conservação e Terras Indígenas. Também tem atuado em diversos fóruns e redes de ONGs na Amazônia buscando contribuir na formulação de políticas públicas socioambientais para a região.
Guillermo Estupinan
Especialista em Recursos Pesqueiros
Guillermo é biólogo pela Universidade Federal de Mato Grosso e tem mestrado em Biologia de Água Doce e Pesca Interior pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Atua na área de manejo de recursos pesqueiros e criação e implementação de unidades de conservação com experiência profissional em instituições não governamentais e governamentais. Na Amazônia desde o ano 2000 coordenou e participou de ações em manejo e geração de renda para populações ribeirinhas, formulação de políticas públicas e na elaboração de planos de gestão em unidades de conservação. Iniciou suas atividades no Programa Amazônia da WCS-Brasil em janeiro de 2014 coordenando as ações de manejo pesqueiro e paisagens aquáticas.
Camila R Ferrara
Ecóloga de Fauna Aquática
Camila Ferrara cursou medicina veteriaria em São Paulo e em 2003 decidiu se mudar para o norte do país devido seu interesse em comportamento e ecologia de quelônios (aquáticos e terrestres). Durante este período ela cursou seu mestrado e doutorado no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), Manaus, Brasil. Além disso, por dois anos, coordenou o Projeto Tartarugas da Amazônia, que teve como objetivo a conservação dos quelônios amazonicos. Para tanto o projeto trabalhou tanto com o monitoramento das populações de quelônios como também educação ambiental nas comunidades locais. Camila começou a trabalhar na WCS em março de 2013 como Ecologa de Fauna Aquatica do Programa WCS Brasil, Amazônia. Suas responsabilidades diante a nos é criar um plano de conservação com enfase quelônios. Além disso ela deve treinar, profissionais, estudantes e comunitários para monitorar fauna aquatica, especialmente nas áreas prioritárias para a conservaçnao dos grupos a serem monitorados (quelônios, mamíferos aquáticos e peixes migratórios).
Camila Kurzmann Fagundes
Coordenadora de Análises Espaciais
Camila K. Fagundes é formada em Biologia pela Universidade Federal de Santa Maria, e concluiu o Mestrado em Biodiversidade Animal na mesma Universidade. Camila completou seu doutorado no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) em Biologia Aquática, desenvolvendo estudos sobre planejamento de conservação espacial em relação aos impactos da perda de habitat na Amazônia, produzindo mapas que mostram as áreas prioritárias para a conservação de quelônios. Suas atividades de pesquisa também estão focadas na vulnerabilidade dos organismos ao uso da terra/mudanças de cobertura da terra e modelagem de distribuição de espécies destinadas à práticas de gestão. Ferramentas de SIG têm importância fundamental em todas as etapas desses temas de pesquisa. Camila iniciou suas atividades na coordenação de análises espaciais na WCS em 2015.
Página 1 de 1Primeiro   Anterior   Próximo   Último   

Copyright 2007-2019 by Wildlife Conservation Society

WCS, the "W" logo, WE STAND FOR WILDLIFE, I STAND FOR WILDLIFE, and STAND FOR WILDLIFE are service marks of Wildlife Conservation Society.

Contact Information
Address: 2300 Southern Boulevard Bronx, New York 10460 | (718) 220-5100